Conteúdo

Rebites Roscados e Rebitadeira? Saiba o que avaliar antes de comprar!

Publicação: 01/06/2020

Rebite roscado, porca rebite, bucha roscada, são alguns dos diversos nomes encontrados no mercado para se referir ao mesmo elemento de fixação. E o mesmo acontece com a ferramenta de aplicação deste fixador: rebitador, rebitadeira, rebitador pneumático, rebitadeira hidropneumática, entre outros nomes. 

 

 

Existem muitas variações de especificações de rebites roscados e ferramentas para aplicação de acordo com o fabricante. Por isso preparamos algumas dicas para lhe ajudar na hora de investir nestas soluções.

 

O rebite adequado para o seu produto

Os rebites roscados oferecem uma série de vantagens que os tornam adequados para vários tipos de aplicações. Podem ser usados para eletrodomésticos, implementos agrícolas, fabricação automotiva, móveis de escritório, equipamentos de playground, instalações solares, eletrônicos, equipamentos militares e até bicicletas.

E com uma ampla aplicação no mercado, nossa dica inicial é se atentar ao material de fabricação do rebite roscado. Eles podem ser fabricados em aço carbono, aço inoxidável, latão, alumínio e outros materiais. Escolha um fornecedor que possui as informações de composição do material, dimensional, pois todas estas informações vão garantir a durabilidade e segurança da fixação em seu produto. 

Os rebites roscados foram desenvolvidos para otimizar o processo produtivo em escala, pois sua aplicação, quando comparada a uma porca de solda, por exemplo, é muito mais rápida e além de requerer menos etapas, portanto além do tempo, o processo se torna mais barato. Sua aplicação pode ser feita com uma ferramenta manual, ferramenta hidropneumática ou até mesmo com células robóticas automatizadas. 

 

A ferramenta certa para o seu processo

Ao escolher a ferramenta de aplicação, inicialmente você precisa analisar o volume de aplicação diário, para então determinar se há a necessidade de uma ferramenta hidropneumática ou uma ferramenta manual será capaz de atender a demanda.

A primeira dica para escolher uma rebitadeira hidropneumática é se atentar a capacidade da ferramenta e o consumível (mandril ou ponteira). A maioria das ferramentas no mercado utilizam ponteiras usinadas e específicas para a ferramenta, não sendo possível utilizar outros modelos. Uma inovação no mercado são as ferramentas que possuem a ponteira tipo parafuso Allen® (conheça a Rebitadeira Hidropneumática RF06 da Rudolph Fixações) que são muito mais baratos e facilmente encontrados no mercado.

Ao escolher a ferramenta certa, você também deve considerar fatores como o local de trabalho, os tipos de materiais com os quais está trabalhando e, mais importante ainda, a facilidade de uso e a segurança.

Por fim, uma ferramenta hidropneumática necessita de manutenção periódica e peças para reposição. A dica de ouro é a aproximação com o fornecedor da ferramenta e o serviço de pós-venda. Entenda como será o contato após a aquisição e se o seu fornecedor possui as peças de reposição. 

 

Tags: fixação produtos

  • Este material foi útil?
    Opinião registrada... obrigado
  • Sim
  • Não
Compartilhe:

PRODUTO RELACIONADO

RF06

RF06

Rebitadeira Hidropneumática